A China anunciou nesta segunda-feira (31) que cada casal terá permissão para ter até três filhos. A decisão foi tomada depois que os dados do censo mostraram que a taxa de natalidade vem caindo no país desde 2017. Ainda não há data para a medida entrar em vigor.

A mudança foi aprovada durante uma reunião com o presidente Xi Jinping, informou a agência de notícias oficial Xinhua.

Em 2016, a China aprovou uma flexibilização da política do filho único, que autorizou o nascimento do segundo filho. Ainda assim, os números continuaram em queda.
Dados do censo
A população da China chegou a 1,411 bilhão de habitantes em 2020, segundo os resultados do seu censo, realizado a cada 10 anos. Em comparação à pesquisa de 2010, a população chinesa cresceu 5,38% (72 milhões de habitantes), segundo o Departamento Nacional de Estatísticas.

A população chinesa teve o menor crescimento em décadas nos últimos 10 anos, e em breve o país deve ser superado pela Índia em número de habitantes. A China prevê que a curva de crescimento populacional irá atingir o pico em 2027, quando a Índia deverá ultrapassá-la e se tornar o país mais populoso do mundo.