A Caixa Econômica Federal libera nesta segunda-feira (31) o saque em dinheiro do auxílio emergencial para 2,34 milhões de beneficiários nascidos em janeiro. Ao todo, foram creditados R$ 486 milhões para esse público em 16 de maio.

De lá para cá, o valor pôde ser movimentado pelo Caixa Tem, aplicativo no qual os beneficiários conseguem pagar boletos, comprar pela internet e pelas maquininhas de estabelecimentos comerciais.

Além disso, há a opção de girar a grana usando o Pix, sistema de pagamentos instantâneo do Banco Central. A única exceção às transações se dá para os casos de transferência para conta de mesma titularidade.

Conforme o Ministério da Cidadania, o modelo de escalonamento das transferências e saques, adotado no ano passado durante a primeira rodada do auxílio emergencial, segue com o objetivo de evitar filas e aglomerações nas agências da Caixa e nas lotéricas.

O calendário é dividido em quatro ciclos, de créditos e de saques. Os créditos da segunda parcela terminaram neste domingo (30) para os trabalhadores do público geral (meios digitais e Cadastro Único) que fazem aniversário em dezembro.

Confira o calendário da 2º parcela com as datas para saque:

Para os beneficiários do Bolsa Família, as transferências da segunda etapa também serão finalizadas nesta segunda-feira (31), já que seguem o calendário habitual do programa assistencial. Recebem os membros do programa com NIS final 0.

A nova rodada do auxílio emergencial terá quatro parcelas, de abril a julho, com valor médio de R$ 250. Mulheres chefes de família receberão R$ 375 e pessoas que vivem sozinhas, R$ 150.

Conforme o governo federal, os investimentos nesta segunda etapa de pagamentos chegarão a R$ 5,9 bilhões e alcançarão 28,4 milhões de trabalhadores do público geral.