Muita gente passou o Dia dos Namorados, neste sábado (12), sozinha. Há quem diga “antes só do que mal acompanhado”, é verdade. Mas, tem quem ainda acredite que, em algum lugar, esta a sua “cara metade”.

Santo Antônio, celebrado neste domingo (13), costuma ser o número um na hora de pedir aos céus um grande amor. Para ajudar a encontrá-lo, o G1 separou algumas simpatias que, de acordo com a crença popular, podem ajudar a, em 2022 passar a data acompanhado, ou acompanhada.

Santo casamenteiro

 

Uma das crenças, está no uso da imagem de Santo Antônio, que, às vezes, é banhado em água de rosas e, em outras, é colocado de cabeça para baixo. Um das simpatias manda que a pessoa compre – no dia 12 de junho – uma rosa vermelha e amarre uma fita do santo na flor.

Em uma das pontas da fita, a pessoa escreve a inicial do nome dela. Na outra ponta, deve desenhar uma pequena cruz.

A rosa deve ser deixada ao lado de sua cama em dedicação a Santo Antônio, pedindo para que ele atraia o amor. Quando a rosa secar, a fita deve ser levada a uma igreja e deixada lá.

Outra simpatia típica – e talvez a mais famosa – é amarrar uma fita branca à imagem de Santo Antônio, que deve ser guardada de cabeça para baixo dentro do armário de roupas, pedindo para encontrar o amor no prazo de três meses. Esta simpatia deve ser feita na noite do dia 13 de junho.

Rosto do futuro marido

 

Para os curiosos, uma simpatia ensina como ver o rosto do futuro esposo. Para isso, reza a lenda, a pessoa deve pegar três flores de jasmim gardênia e amarrar em uma fita branca, na noite do Dia dos Namorados.

As flores devem ser colocadas no quarto. Antes de dormir, é preciso pedir para sonhar com a “alma gêmea”.

Ao acordar, no dia 13 de junho, retire uma pétala de cada flor. Ferva água, coloque as pétalas dentro de um recipiente com a água fervida e , depois de esfriar, jogue sobre o corpo, desde a cabeça.

Segundo a cultura popular, essa simpatia vai ativar sua intuição e, dentro de sete dias, você vai sonhar com o futuro marido, ou com a futura esposa.

Inicial do nome do amado

Aliança de casamento em imagem de arquivo — Foto: Reprodução/TV TEM

Aliança de casamento em imagem de arquivo — Foto: Reprodução/TV TEM

Também tem uma superstição para saber o nome do futuro companheiro, ou companheira. Para isso é preciso, na noite do dia 12 de junho, separar um copo e uma aliança.

Você deve amarrar um fio do próprio cabelo no anel. Depois, borrife no copo algumas gotas do perfume que mais usa.

A simpatia consiste em colocar o copo sobre uma mesa, e segurar o fio com a aliança como se fosse um pêndulo, mas com delicadeza. A pessoa terá a chance de fazer duas perguntas:

  1. Qual a primeira letra do nome da pessoa com quem viverei um grande amor?
  2. Quantos anos faltam para eu me casar?

Para a primeira pergunta, a quantidade de vezes que a aliança bater no copo corresponde à letra inicial de seu amor. É preciso contar as batidas seguindo a ordem alfabética.

Já na segunda pergunta, a quantidade de vezes da batida será o número de anos que faltam para o matrimônio.

G1