Uma tragédia. Um homem matou a própria filha de 14 anos a tiros e depois se matou, em São Sebastião de Lagoa de Roça, na Paraíba.
O crime aconteceu no Sítio Santarém, na noite desta quarta-feira (23), e de acordo com relato da polícia a suspeita é de que o homem tenha comedido o crime por não aceitar a separação com a mãe da vítima.

Segundo as informações da Polícia Civil, o homem  identificado como Josenildo Herculano de 39 estava separado da ex-esposa há uma semana e não aceitava o término do relacionamento. Por causa disso, matou a filha a tiros, a filha de 14 anos, com a justificativa de “tirar o que a sua ex-companheira mais amava”. A vítima morreu no local.

A polícia ainda informou que o homem estava ligando para a ex-esposa dias antes do crime, pedindo para que eles se encontrassem em uma casa para se reconciliarem. Porém, como a sua ex-companheira recusou o convite, ele se deslocou até a casa dela, onde procurou pelos filhos, mas só encontrou a filha e atirou.