Morreu na tarde desta sexta-feira (25), a jovem Maria Jaberlânye da Silva Nelo, vítima de complicações do novo coronavírus.

Maria Jaberlânye tinha 30 anos de idade, era professora e natural da cidade de Mamanguape, Litoral Norte da Paraíba e residia na cidade de Jacaraú e  lecionava na Escola Estadual Djalma Marinho em Nova Cruz, no Rio Grande do Norte.

Jaberlânye foi diagnosticada com a doença e devido ao agravamento dos sintomas precisou ser internada no Hospital Geral de Mamanguape. Ela chegou a ser transferida para a Unidade de Terapia Intensiva e intubada, mas não resistiu e faleceu após passar quase 30 dias internada fazendo tratamento da doença.

A jovem foi professora substituta do Centro de Ciências Aplicadas e Educação (CCAE) da Universidade Federal da Paraíba (UFPB).

Jaberlânye também fazia parte do Grupo de Estudos em Letramentos, Interação e Trabalho (Gelit) e o Ateliê de Textos Acadêmicos (Ata) e recentemente havia sido aprovada na seleção para o doutorado do Programa de Pós-Graduação em Linguística (Proling), do Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes (CCHLA), no campus João Pessoa.

A UFPB emitiu uma nota lamentado a morte da professora e se solidarizando com a família enlutada.