O deputado federal, Pedro Cunha Lima (PSDB) afirmou na tarde desta sexta-feira (2) que não vota a favor do impeachment do presidente da República Jair Bolsonaro. “Se o impeachment foi aprovado, vai desestabilizar o país que já vem enfrentando momentos difícieis”, justificou o parlamentar.

Ao  justificar o voto a  favor da ex-presidente  Dilma Roussef,  o deputado afirmou que existiam provas robustas e comprovadas que justificaram o processo com destaque para as pedaladas  fiscais, além da grande quantidade de pessoas que foram à ruas pedir a saída da ex-presidente.

paraiba.com.br