O coronel José Ronildo, presidente da Comissão de Ações de Prevenção para a Covid-19 na Polícia Militara da Paraíba afirmou na tarde desta terça-feira (6) que, por determinação do comandante geral, coronel Euller Chaves, todos os comandantes de Batalhões e Companhias, estão sendo orientados a fazerem um campanha para conscientizar os policiais a tomarem a vacina contra a Covid-19.

José Ronildo, que foi o entrevistado Programa Sessenta Minutos do Sistema Arapuan de Comunicação, explicou que 80% da corporação já foi imunizada com a primeira dose da vacina e por isso esse pequeno número de policiais que se recusaram a tomar a vacina não vai afetar em nada o trabalho da PM. “Aqueles que não querem tomar a vacina estão assinando um termo de recusa e esse documento está sendo entregue no setor de Recursos Humanos”, explicou o oficial.

Ainda durante entrevista, o coronel deixou claro que esses policiais que não querem tomar a vacina não serão afastados das suas funções e que se qualquer um deles sentir algum sintoma será encaminhado para o serviço de saúde da corporação como também os seus familiares.