José de Abreu ataca jornais e defende eleição de Lula

José de Abreu não ficou em silêncio com as manifestações de parte da imprensa contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). O ator citou os jornais O Globo e Folha de S. Paulo como responsáveis por ataques ao líder das pesquisas de intenções de voto em 2022.

No Twitter, um dos integrantes do elenco de Um Lugar ao Sol, próxima novela das 21h da Globo, entendeu que as declarações anti-Lula foram motivadas por novas pesquisas eleitorais ainda não reveladas.

Segunda de ataques a Lula: um sugere no jornal O Globo que ele seja vice… de Tasso! A outra, na Folha de S. Paulo, o culpa pelo que acontece em… Cuba! Deve ter pesquisa nova saindo e o elegendo no primeiro turno. E sem sair de casa! Vem, Lula 2022”, pediu.

Sempre antenado quando o assunto é política, José de Abreu se mostrou incomodado com uma declaração de Eduardo Leite, governador do Rio Grande do Sul, e criticou:

“Depois de se declarar gay, Eduardo Leite agora se declara cachorro! Fazem de tudo por uma eleição perdida”.

 

A manifestação foi motivada por um ataque feroz de Leite ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e Lula, até aqui os dois nomes mais especulados para o segundo turno das eleições do ano que vem. Há semanas, o tucano assumiu sua homossexualidade.

“Ninguém chuta cachorro morto. Se não existe 3º via, não sei porque Lula e Bolsonaro estão se preocupando. Depois do tanto que já nos foi roubado, querem agora roubar a nossa esperança”, escreveu.