O presidente Jair Bolsonaro afirmou na manhã desta sexta-feira (23) que há boas chances de ele se filiar ao PP para buscar a reeleição em 2022. Ele citou que ainda vai conversar com o senador do Piauí Ciro Nogueira, presidente do partido, para acertar sua nomeação à Casa Civil e também para tratar de sua possível filiação.

“Eu tenho que seguir a regra do jogo, que exige um partido para disputar a eleição. Se eu for candidato e se eu pudesse concorrer como independente, como ocorre nos Estados Unidos, certamente essa seria a melhor saída”, afirmou Bolsonaro em entrevista à Rádio 92.1, de Mato Grosso do Sul, transmitida ao vivo em seu Facebook.

Bolsonaro insistiu em dizer que ainda não é candidato. “No momento não penso em reeleição.”

O presidente voltou a criticar a CPI da Covid, que, segundo ele, só serve para atacar o governo e não quer apurar casos de corrupção nos estados e municípios.

“O relatório do Renan [Calheiros, do MDB-AL) e do Aziz [Omar Aziz, PSD-AM] já está feito”, disse, comentando ter certeza que vão tentar incriminá-lo. “Não tem um só desvio de conduta da minha parte. Estamos há dois anos e meio sem nada de corrupção no governo.”

Ele ainda elogiou a velocidade da vacinação no país. Espera que a imunização dos brasileiros ocorra até novembro, mas não de forma obrigatória. E assim como fez na quinta-feira (22), criticou novamente a CoronaVac, vacina “sem comprovação científica”.