O secretário de Estado de Saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros, informou que os leitos dedicados ao tratamento da covid-19 estão sendo utilizados, gradualmente, para o tratamento de outras doenças. A ação ocorre após a baixa no número de internados pela doença viral no estado.

“Os leitos para covid estão vazios e nós temos uma demanda refreada de doenças não-covid que precisam ser tratadas. Daí, esses leitos vazios estão sendo disponibilizados para doenças não-covid. Eles não estão sendo desativados, apenas substituídos para outras doenças”, explicou em entrevista ao ‘Arapuan Verdade’.

De acordo com o gestor, o processo de substituição já está ocorrendo na Grande João Pessoa, em Campina Grande e em Patos.

“É um processo gradativo de acordo com a ocupação de cada região. Nós já temos isso se efetivando no Hospital Metropolitano [em Santa Rita], no Hospital de Clínicas de Campina Grande e no Janduhy Carneiro [em Patos]. Se houver necessidade, esses leitos estão ativos e serão reencaminhados para a doença covid”, explicou.

Ocupação dos leitos

De acordo com o último boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde da Paraíba (SES-PB) nessa quarta-feira (11), a Paraíba tem 21% dos leitos dedicados à covid-19 ocupados, sendo 21% na Grande João Pessoa, 20% na região de Campina Grande e 23% no Sertão.