O novo secretário de Projetos e Ações Estratégicas do Governo de São Paulo é Rodrigo Maia. (sem-partido), ex-presidente da Câmara dos Deputados.). Pode ter sido uma boa para o governador João Doria (PSDB). Maia ficará responsável por projetos de desestatização, acelerando como parcerias públicas-privadas.

Segundo três pessoas ligadas ao governador e ouvidas por este blog, o esquema atende pelo nome de Sérgio Moro, ex-juiz, ex-ministro da Justiça de Bolsonaro, ex-aspirante a uma vaga de ministro do Supremo Tribunal Federal, hoje funcionários de uma empresa de advocacia americana carregada de bons clientes.

Doria namora há muito tempo o apoio de Moro, que pode ser declarado ainda este ano, ou no próximo. Isso poderá reforçar suas chances de suceder ao presidente Jair Bolsonaro, caso venha um ser indicado como candidato a seu partido em prévias marcadas para novembro próximo.