Como será o futuro do nosso país

Ha uma música do compositor gospel João Alexandre que expressa na letra algumas verdades:

“Como será o futuro
Do nosso país?
Surge a pergunta no olhar
E na alma do povo
Cada vez mais cresce a fome
Nas ruas, nos morros
Cada vez menos dinheiro
Pra sobreviver
Onde andará a justiça
Outrora perdida?
Some a resposta na voz
E na vez de quem manda
Homens com tanto poder
E nenhum coração
Gente que compra e que vende
A moral da nação”

O que vimos nas manifestações do último dia 7 de setembro , nos levou a refletir sobre qual será o futuro do nosso país ; um país que vem sofrendo há quase dois anos com as sequelas da Covid 19 nos apresentando 580 mil mortos , pessoas que perderam os alicerces de suas famílias; uma crise econômica assustadora com 14 milhões de desempregados e uma inflamação que dispara os preços no mercado, fazendo o custo de vida subir.

O dia 7 de setembro nos trouxe saberes e incertezas. As incertezas são de ordem sócio econômicas e políticas e os saberes vem da célebre frase “ independência ou morte”
Só se faz um país independente com democracia, trabalho e força coletiva.

A Bíblia Sagrada nos diz que “feliz é a nação onde Deus é o Senhor, cujo povo escolheu para si mesmo. O Senhor olha desde o céus e vê toda a humanidade. Da sua morada observa toda a gente.” (Salmos 33:12-14)

A essência de Deus é amor e vida. Por isso não há concordâncias com o discursos e descasos propagado nas manifestações realizada no dia 7/9/2021.
Pense nisso, há uma saída o amor ao próximo e a partilha coletiva .

Boa semana!!!

 

Edite Pereira