Ministério da Defesa: China envia mais 52 aviões de guerra à Ilha de Taiwan

O Ministério da Defesa da Ilha de Taiwan afirmou que 52 aviões de guerra da China sobrevoaram sua Zona de Identificação de Defesa Aérea (ADIZ, na sigla em inglês) nesta segunda-feira (4), o maior número em um único dia desde que a ilha começou a relatar publicamente as “atividades de intimidação” no ano passado.

O recorde anterior foi registrado no último sábado (2) quando 39 aviões militares chineses voaram para a zona. A pasta de Taiwan alega que os aviões são um sinal de incursão dos chineses, ou seja, entrada de uma força militarizada em território estrangeiro que pode significar investida, ataque ou invasão.

Em um comunicado, o Ministério da Defesa de Taiwan disse que as 52 aeronaves chinesas incluíam 34 caças J-16, 12 bombardeiros H-6, dois caças SU-30, dois aviões de guerra anti/submarino Y-8 e dois aviões de alerta KJ-500 aerotransportados e aviões de controle.

 

CNN