O secretário chefe de Governo, Roberto Paulino (MDB), colocou panos quentes na declaração do vereador Mikika Leitão (MDB) que defendeu o rompimento da sigla com o governo João Azevêdo para as eleições de 2022 e disse acreditar que, assim como o deputado Felipe Leitão (Avante), que é filho de Mikika, o parlamentar também estará no mesmo palanque que o governador no pleito que se avizinha.

O gestor disse ainda que estará presente na reunião convocada pelo MDB, para a próxima sexta-feira (22) e que acredita em um desfecho positivo do encontro, inclusive com surpresas agradáveis.

“Recebi o comunicado dessa reunião de sexta-feira, já estou sabendo, confirmo a presença, estarei lá e pela minha experiência eu sei que o desfecho dessa reunião será proveitoso, e vamos ter, quem sabe, surpresas agradáveis”, disse.

Sobre a tese de Mikika, que defende o racha com João, Paulino lembrou que o parlamentar é um bom companheiro e que saberá ponderar sobre esse sentimento.

“Isso é um pensamento de Mikika (sobre o racha), ele é bom companheiro, e com certeza a exemplo o deputado Felipe, que é seu filho, estará junto no nosso palanque em 2022. Agora é hora de somar. Vamos somar pelo bem da Paraíba”, arrematou.

PB Agora