A campanha de vacinação segue impactando de maneira positiva os números da Covid-19 no Brasil. Com 460 mortes registradas nesta sexta-feira, 22, a média móvel de óbitos chegou a 352,9 — uma diminuição de 22% em relação há duas semanas — e completa o 16º dia consecutivo em declínio. A última vez que o índice apresentou aumento foi durante os dias 24 e 25 de setembro. De lá para cá, além dos 16 dias em queda, em 11 a curva de vítimas fatais se manteve estável.

O número de novos casos também segue diminuindo de maneira constante devido a alta aplicação dos imunizantes. Nesta sexta, 14.502 novos brasileiros foram infectados pelo novo coronavírus, fazendo com que a média móvel de diagnósticos atinja o valor de 12.052,4, uma diminuição de quase 20% em relação há 14 dias. Desse modo, o índice segue desde 12 de outubro em declínio, segundo levantamento feito por VEJA.

O cálculo de médias móveis feito pelo levantamento de VEJA consiste em somar todos os registros dos últimos sete dias e dividir o total por sete. Assim, é possível ter uma visão ampla do atual momento da pandemia. Os gráficos ao final da matéria mostram a evolução diária da média móvel no Brasil, nas cinco regiões geográficas, nos 26 estados da Federação (mais o Distrito Federal) e nas 27 capitais do país.

Com 14.502 novos casos e 460 mortes, o Brasil chega a 21.711.8431 diagnósticos de Covid-19 e 605.139 óbitos desde o início da pandemia.

VEJA