Em evento, João Dória destaca postura solidária de João Azevêdo e reforça que no palanque do PSDB cabem todos os partidos

O governador de São Paulo, João Dória (PSDB), destacou em um evento, neste sábado (23), em João Pessoa, a postura solidária do governador da Paraíba, João Azevêdo (Cidadania) com demais gestores no fórum de governadores. Dória cumpre agenda política na Paraíba em prévias do partido. Além disso, frisou que no palanque do PSDB cabem todos os partidos que queiram apoiar a legenda.

“No âmbito do fórum dos governadores, ele [João Azevêdo] tem tido uma postura solidária e correta com os demais governadores. Portanto, exalto esse aspecto de que ele é solidário às iniciativas que majoritariamente são aprovadas no fórum. Ele endossa essas medidas”, comentou, ao ser questionado na coletiva de imprensa, hoje, no Oceana Atlântico Hotel.

Em relação aos partidos que poderiam agregar e dar força ao PSDB, o governador de São Paulo frisou que “no palanque do PSDB cabem todos. Todos os partidos que quiserem apoiar o PSDB serão bem-vindos”, disse. O chefe do Executivo paulista destacou que em São Paulo, o governo tem 13 partidos que apoiam no âmbito da Assembleia Legislativa.

“Lá nós não leiloamos governo. Nós formulamos propostas, executamos propostas e respeitamos o Legislativo. Portanto sem leilão, sem ocupação inadequada de cargos públicos, mas dentro do princípio democrático do entendimento, do diálogo e do bom debate”, acrescentou. Em São Paulo, o Cidadania, faz parte da base governista de Dória. No entanto, destacou que há as questões locais de cada lugar e que devem ser observados e respeitados.

Antes da coletiva, Dória (PSDB) visitou o Hospital Napoleão Laureano (HNL), juntamente com deputados paraibanos da legenda como o presidente do PSDB na Paraíba, Pedro Cunha Lima, a vice-presidente, Camila Toscano, Ruy Carneiro, Tovar Correia Lima e Edna Henrique. Ainda consta na agenda, reunião com empresários.

Ontem esteve em Guarabira. Ele disputa as prévias do PSDB para ser candidato à presidência da República nas eleições de 2022. De acordo com cronograma do PSDB, a escolha do nome está marcada para o dia 21 de novembro. Dória (PSDB) foi eleito governador de São Paulo com mais de 10,9 milhões de votos. É empresário e jornalista, tem 63 anos e se filiou ao PSDB em 2001, mas só disputou sua primeira eleição em 2016, quando se tornou o primeiro prefeito de São Paulo.

 

Da Redação / com Aline Martins