O título do Brasileirão está cada vez mais distante. Mas o Palmeiras segue acreditando e, por isso, vai enfileirando vitórias. A última delas foi neste domingo (7), no clássico contra o Santos, por 2 a 0, em plena Vila Belmiro.

Mesmo longe de seus domínios, o Alviverde foi bastante superior e, além dos gols de Rony e Raphael Veiga, ainda marcou mais duas vezes, mas ambos foram anulados. Nada que impedisse o time de chegar à 2ª posição, agora com 55 pontos, ainda 10 atrás do Atlético-MG, que também venceu na rodada. O rival, com 35, ainda corre riscos de rebaixamento.

Os dois times voltam a jogar na próxima quarta-feira. Enquanto o time da baixada atua novamente na Vila Belmiro, contra o Red Bull Bragantino, o Palmeiras recebe o Atlético-GO no Allianz Parque.

Rony faz 3. Mas só 1 vale
O duelo foi disputado desde o início, com muita vontade, briga pela bola, mas só esquentou mesmo no final do primeiro tempo. Marinho, aos 38, cobrou falta que passou muito perto do ângulo esquerdo de Weverton.

No lance seguinte, Rony marcou, mas o árbitro Raphael Claus anulou o gol após ver, através do VAR, um toque da bola no braço de Dudu no início da jogada.

A decisão da arbitragem não desanimou o Palmeiras, que, aos 43, conseguiu marcar. Dudu tocou de letra para Raphael Veiga, que cruzou na medida para Rony completar sem chances para João Paulo.

O camisa 7 palmeirense estava inspirado. E mais uma vez balançou as redes nos primeiros minutos da segunda etapa. Ele, dessa vez, foi flagrado em impedimento e teve mais um gol anulado.

O cenário estava claro. O Santos tinha a bola e o Palmeiras apostava nos contra-ataques. E mais uma vez Rony apareceu. Dessa vez, ele bateu para fora.

Quase o empate
Aos 17, os donos da casa arriscaram. Lucas Braga bateu cruzado, a bola desviou no meio do caminho e Weverton se esticou todo para mandar na trave.

Que pintura!
Mas o Santos deu espaço. E um erro na saída de bola foi fatal. Aos 26, Piquerez recuperou a bola no meio-campo e puxou o contra-ataque. Ele tabelou com Dudu e mandou para a área. Rony dominou e ajeitou na medida para Veiga, que bateu colocado, no ângulo, para fazer um golaço!

O jogo estava decidido. O Alvinegro, ainda tentando, não tinha forças para impedir a quinta vitória seguida do Palmeiras no Brasileirão.

Do R7