Romero Rodrigues desembarca em Brasília para ter reunião definitiva com Kassab sobre eleições

Agora é pra valer. É tudo ou nada. Com futuro incerto, o ex-prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, pousou em Brasília na noite dessa terça-feira (23) para uma reunião definitiva com o presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab.

A viagem não tem na agenda um encontro com a cúpula do PSDB, da qual até então Homero é aliado.

A conversa entre Romerk e Kassab deve definir os rumos do ex-prefeito nas eleições de 2022. Romero, que era pré-candidato ao Governo, pode se unir ao governador João Azevêdo (Cidadania) e compor a chapa majoritária como candidato a vice, senador ou até optar pelo cargo proporcional de deputado federal.

Em meio às especulações sobre a mudança de candidatura das oposições para as eleições de 2022, Romero se irritou com a pressão dos correligionários, e disse que não há data definida para comunicar a decisão sobre o seu futuro político.

“Se quiserem reclamar, podem reclamar”, disse Romero, visivelmente chateado.

Visivelmente chateado com as pressões por um anúncio público sobre o posicionamento nas eleições de 2022, Romero enfatizou que não tem pressa sobre a decisão porque as convenções partidárias só acontecem em agosto do próximo ano.
Romero frisou sua correção com o grupo e disse que sempre foi fiel aos aliados.

“Eu sempre fui corretíssimo. Onde falhei? onde eu errei? onde eu fui ingrato? onde eu fui injusto? em qual momento eu não compreendi as circunstâncias do grupo e ajudei? Então é isso, eu tenho procurado cumprir com minhas obrigações e ser fiel a cidade que me honrou com dois mandatos de prefeito”, disse Romero.

PB Agora