A promotora de Justiça Edivane Saraiva de Souza recomendou ao prefeito de Guarabira, Marcus Diogo (PSDB), o cancelamento da Festa da Luz de 2022, prevista para acontecer entre os dias 28 de janeiro e 1 de fevereiro do ano seguinte.

Edivane argumentou que nas festividades existe a impossibilidade do distanciamento social obrigatório e que, apesar da redução dos casos e mortes por covid-19, a transmissão ainda está ativa e aglomeração proporcionada pela festa pode causar um surto da doença no município.

A programação da Festa da Luz foi divulgada no começo deste mês e previa a apresentação de artistas como: Wesley Safadão, Xand Avião, João Gomes e Solange Almeida.