Após a vereadora licenciada Eva Gouveia (PSD), agora é a vereadora Fabiana Gomes, também do PSD, que pode passar a integrar o Governo do Estado. Ambas são correligionárias do ex-prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSD), que está para bater o martelo, nos próximos dias sobre seu futuro político.

Foi a própria Fabiana que revelou, durante entrevista à imprensa campinense, na manhã desta terça-feira (7), um possível convite informal para integrar o Governo João Azevêdo (Cidadania). Ela destacou que acha as ventilações sobre seu nome em relação ao governo muito interessantes e, inclusive, normais, tendo em vista a história de vida e tudo que seu marido, ex-vereador Nelson Gomes Filho (PSD), – que, vale pontuar, é um aliado histórico do ex-prefeito da cidade Romero Rodrigues – representou e representa para Campina Grande.

Contudo, Fabiana ressaltou que não houve um convite formal e sim um ensaio de um convite não oficial, porém, ainda sem uma conversa.

“Vou me sentir bastante lisonjeada e reconhecida [se ocorrer o convite], até porque entendo esse convite como reconhecimento a Nelson, entendo também como uma delicadeza a pessoa de Fabiana Gomes, mas principalmente a Nelson, que é grupo até mesmo antes de se envolver na política e ser uma pessoa de mandato”, completou.
Reforçando a informação de que ainda não houve um convite oficial, a vereadora destacou que não foi falado em cargos ou secretarias e que não revelará o nome de quem a convidou de forma informal por não se sentir à vontade no momento.

Devido às especulações, a parlamentar foi questionada se estava realmente satisfeita com o governo Bruno Cunha Lima (PSD) na Rainha da Borborema, uma vez que, oficialmente, o prefeito faz parte de um grupo adversário político do governador.

“O prefeito Bruno tem feito um bom trabalho é preciso que se entenda que este continua sendo um ano de pandemia, um ano que ele priorizou a Saúde. Ele tem trabalhado incansavelmente nessa pasta e estamos sim satisfeitos, espero que ele faça um bom governo e um bom trabalho”, finalizou.

As informações repercutiram no portal paraibaonline