Um novo ataque de hacker aconteceu nesta segunda (13) contra o sistema do Ministério da Saúde. A ação começou na madrugada e sistemas internos como intranet, rede de telefonia e acesso ao e-mail estão fora do ar. Os profissionais da pasta tentam descobrir o problema. O objetivo é dar um ponto final na vulnerabilidade.

Segundo informações do jornalista Renato Souza, do R7, os funcionários ficaram surpresos com o bloqueio total dos serviços. Os servidores não estão conseguindo acessar os usuários dos computadores. Eles queriam atualizar informações sobre a Covid-19.

Por conta de toda a confusão, os profissionais foram liberados e voltaram para casa. Não há qualquer previsão de retorno dos trabalhos digitais. O site da pasta segue no ar, mas não tem como ser atualizado.

Ataque hacker contra o Ministério da Saúde

Há indícios de que os hackers tentaram atacar o ransomware. Os criminosos buscam sequestrar dados do órgão. O objetivo é pedir pagamento de resgate para liberar o acesso.

Não é a primeira vez que isso acontece no Ministério da Saúde. Na semana passada, o governo havia dito que hackers invadiram o sistema do setor e de outros ministérios. A confusão foi tanta que a oposição chegou a cogitar que tudo não passava de uma farsa. O episódio já está sendo investigado.

Diário do Centro do MUndo