O secretário de Comunicação do Estado, Nonato Bandeira disse, na última sexta-feira (28) que os planos do grupo político do governador João Azevêdo (Cidadania), para as eleições deste ano não, serão alterados após a decisão do ex-prefeito de Campina Grande Romero Rodrigues (PSD) em apoiar à pré-candidatura de Pedro Cunha Lima (PSDB).

“Não muda em nada nossa estratégia, seja em Campina Grande ou qualquer região. Vamos seguir ampliando”, afirmou.

Nonato ainda lembrou que Romero não havia declarado apoio a João Azevêdo. “O que aconteceu que a partir de um convite da direção nacional para o govenador ingressar no PSD, achamos interessante avançar nesse processo de composição e ampliando espaços em Campina Grande”, enfatizou.

O secretário de Comunicação da Paraíba ainda ressaltou que Romero não voltou na decisão de apoiar João, como “outros políticos”, já que ele não havia se comprometido em fazer aliança com o governador.

“Mas em nenhum momento, justiça seja feita, teve qualquer proposta ou comprometimento para dizer que Romero deu ré, ao contrário de outros políticos que quando a pessoa está no céu quando está do seu lado. Romero, independente da sua decisão, merece respeito. É uma liderança importante”, frisou.

 

 

 

Do paraíbajá