Cantor e ex-marido de Marília Mendonça, que morreu em novembro vítima de uma queda de avião, Murilo Huff, 26, disse em entrevista ao podcast PodPah que há muitos artistas que tentam lucrar e aparecer em cima da morte da cantora.

Segundo ele, Marília não era de fazer muitas amizades e quando ele vê algum famoso dando entrevistas e se referindo a ela fica com raiva. Ele preferiu não citar nenhum nome.

“Fico com muita raiva quando vejo alguém que não tem nada a ver com a história, que não conhecia ela e quer ficar falando na mídia, dando entrevista. A Marília tinha um bloqueio para amizade. Pensa, ela fez sucesso muito nova, muita gente se aproximou por interesse”, disse o cantor.

Huff decidiu dar entrevista ao Fantástico (Globo) logo após a perda por medo de que outras pessoas tomassem esse posto de porta-voz. Ele conta que caso ele não falasse, “qualquer zé ruela iria falar”. “Se as pessoas que são próximas dela não falarem agora, eles [jornalistas] vão procurar alguém que não tenha nada a ver que vai querer aparecer”, disparou.

Em outro trecho da entrevista, Murilo disse que Marília havia criado uma casca, uma blindagem e que não era qualquer um que conquistava a amizade dela. “É que não gosto de comentar, não cabe a mim ficar falando. Acredite, existe este tipo de pessoa, que até em cima da morte de alguém quer aparecer”, comentou.

No final de 2021, o cantor sertanejo já havia falado que sentia medo e incertezas, sobretudo após a morte do cantor Maurílio. “Indo dormir com um nó no peito”, escreveu em sua conta do Twitter. “Cada dia mais tomado por várias incertezas e medos.”

 

 

 

Da Folhapress