O ministro das Comunicações, Fábio Faria, anunciou nesta terça-feira (22), durante entrevista coletiva no Palácio do Planalto, que desistiu de ser candidato a senador nas eleições de 2022. Ele declarou apoio ao ministro Rogério Marinho (Desenvolvimento Regional). Os dois estavam disputando o apoio do presidente Jair Bolsonaro (PL) no Rio Grande do Norte.

Durante a coletiva, Fábio agradeceu ao povo potiguar que manifestou em pesquisas o desejo de votar nele nas próximas eleições, mas disse que vai permanecer no Ministério das Comunicações para dar continuidade ao projeto de implantação da tecnologia 5G no País. Ele chamou o trabalho de “missão” a ser concluída.

O ministro acrescentou que a decisão foi consensual com Rogério Marinho. “O presidente Bolsonaro não interveio”, destacou. Fábio Faria disse também que não será candidato a outro cargo nas próximas eleições, como vice de Bolsonaro, nem coordenador da campanha à reeleição do presidente. “Não há essa possibilidade”, finalizou.