O governador João Azevêdo inspecionou, nesta segunda-feira (28), as obras de reforma e restauração da Biblioteca Augusto dos Anjos e do prédio da antiga Central de Polícia, onde será implantada a Escola Técnica de Artes, no Centro de João Pessoa.

Para o chefe do Executivo estadual, oferecer espaços adequados e confortáveis para nossos alunos e profissionais é mais uma forma de preservar a história, o Centro Histórico de João Pessoa e de oferecer à cidade equipamentos de extrema relevância, “como a Escola de Artes que disponibilizará em um só espaço uma ampla oportunidade de descoberta de novos talentos e de profissionalização para os nossos jovens. Ainda estaremos devolvendo, em breve, a João Pessoa a biblioteca estadual com sua estrutura belíssima preservada, fortalecendo ainda mais o nosso sistema educacional”, frisou o governador.

Na Biblioteca Augusto dos Anjos estão sendo investidos mais de R$ 600 mil em serviços de recuperação e manutenção, respeitando a arquitetura original do prédio tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico do Estado da Paraíba (Iphaep). A previsão é de que as obras sejam concluídas no final de março.

Biblioteca – A Biblioteca Pública Estadual Augusto dos Anjos foi fundada em 1859. Apenas em 1939, foi estabelecida no atual prédio, hoje tombado, na Avenida General Osório, região central de João Pessoa. O casarão tem uma arquitetura privilegiada com muitas janelas que possibilitam uma boa circulação de ar. No local funcionou a primeira Escola Normal da Paraíba e abrigou o Tribunal de Justiça da Paraíba. A edificação foi construída em 26 de março de 1874 e concluída em 1884.

Escola de Artes – Já na reforma e adequação do prédio onde será implantada a Escola Técnica de Artes estão sendo investidos mais de R$ 4,1 milhões. No local irão funcionar coordenação pedagógica; reprografia; secretaria, sala de reuniões; administração geral; salas de aula; laboratórios de Ciências, Informática e Robótica; cozinha; refeitório para 120 pessoas, banheiros; auditório; sala de aula teórica de dança e teatro); duas salas de dança; sala de pilates; sala de maquiagem/figurino; sala de aula teórica de música; sala de aula prática de música; espaço de aula de circo; salas técnicas de audiovisuais; salas técnicas de Mídias Digitais; salas de aula teórica de audiovisual; laboratório de Artes; sala de aula teórica de Artes; biblioteca; instrumentoteca; e laboratório de Fotografia.

A edificação, datada de 1860, também é tombada pelo Iphaep. Anteriormente, sediou a cadeia pública, a Secretaria de Aviação e Obras Pública do Estado e a Central de Polícia.

O secretário de estado da Infraestrutura, dos Recursos Hídricos e do Meio Ambiente, Deusdete Queiroga, acompanhou as visitas técnicas.