Em menos de dois dias, 10 pessoas estão deixando a fila de espera por um órgão na Paraíba. No começo da tarde dessa quinta-feira (03), foi registrada pela Central Estadual de Transplantes a segunda doação de órgãos da semana, beneficiando cinco paraibanos. A outra doação aconteceu na madrugada da quarta-feira (02) no Hospital de Trauma de Campina Grande, onde também foram contemplados cinco pacientes.

O último doador, um homem de 20 anos, estava internado no Hospital de Trauma de João Pessoa desde o domingo, 30 de janeiro. Ele deu entrada na unidade com traumatismo craniano grave e teve a morte cerebral confirmada nests quarta-feira (02). Com a autorização da família, foram doados fígado, rins e córneas.

“Nós sempre somos muito gratos às famílias doadoras por esse gesto tão nobre de amor ao próximo. É através da doação de órgãos que muitas pessoas podem voltar a ter uma vida normal e sonhar em realizar planos,” comenta a coordenadora de enfermagem da Organização à Procura de Órgãos em João Pessoa, Kalynne Souto.

A cirurgia de retirada durou cerca de 3h30, e logo em seguida os órgãos foram encaminhados para o transplante. Foi o fim da espera para um paraibano de 62 anos, que ganhou um fígado saudável. Para outros dois paraibanos, que receberam os rins, foi o renascer da esperança em uma vida livre das seções de hemodiálise. As córneas foram encaminhadas para o Banco de Olhos para beneficiar mais duas pessoas que aguardam pelo transplante.

“Graças ao trabalho sério e comprometido que estamos fazendo, com total apoio do Governo do Estado, através da Secretaria de Saúde, temos obtido excelentes resultados no que diz respeito às doações de órgãos e tecidos na Paraíba. O envolvimento dos hospitais nessa corrida contra o tempo é extremamente importante, só assim, com ajuda de todos, mudamos a vida de 10 pessoas através da doação de órgãos, em menos de 48h entre um transplante e outro. Estamos no caminho certo. Cada vez mais, conseguimos encurtar o tempo de espera de quem está na fila,” destacou a chefe do Núcleo de Ações Estratégicas da Central Estadual de Transplantes, Rafaela Carvalho.

Com a última doação, a Paraíba contabiliza 24 transplantes de órgãos e tecidos em 2022. Foram 14 cirurgias de córneas, uma de coração, seis de rins e três de fígado. Ainda aguardam por um órgão 512 paraibanos.

“Não vamos medir esforços para proporcionar o aumento das doações e transplantes de órgãos e tecidos aqui na Paraíba. A vida de cada paraibano é importante e nosso objetivo é ampliar as ações para vê-los deixar a fila de espera”, disse o secretário de estado da Saúde, Geraldo Medeiros.

 

De: Paraíba PB GOV