De olho nas eleições deste ano, onde concorrerá ao governo do estado, o deputado federal Pedro Cunha Lima parece não querer separar ‘alho de bugalhos’ como diz a expressão popular, quando se fala de apoios ao seu nome.

É que em declaração recente o filho de Cássio Cunha Lima sequer descartou o apoio de ‘ricardistas’ ao seu projeto. O que vai de encontro ao discurso que tem adotado contra o ex-governador Ricardo Coutinho durante os últimos anos.

Nos bastidores, a postura de Pedro tem sido avaliada como contraditória, pois, ainda há pouco Pedro batia de frente não só com o ex-governador, mas com todos os que o apoiavam que agora, segundo seu discurso, seriam bem vindos caso queiram votar nele.

A memória do deputado federal pode até ser curta, mas é público e notório que ao se referir àqueles a quem hoje ‘paquera’ os votos, Pedro usava adjetivos que hoje talvez não repita: “organização criminosa, uma quadrilha, a quadrilha girassol” disse à época, ao contrário do que entoa hoje:

‘Quem quiser apoiar o nosso projeto, confiar no nosso trabalho e votar na gente, que venha”

PB Agora