Um caso inusitado foi flagrado por câmeras de seguranças em Planaltina, no Distrito Federal, na última quarta-feira (9).

Um personal trainer de 31 anos encontrou a própria esposa em relações sexuais com um homem em situação de rua dentro do carro. Após o flagrante, o rapaz agrediu o desconhecido por achar que se tratava de um estupro.

A mulher no entanto afirmou à polícia que a relação foi consensual. Em áudios obtidos pela TV Globo, a esposa disse que viu as “imagens do marido e de Deus” no rosto do homem e por isso fez sexo.

Ela também disse que não estava sob efeito de álcool.

Ainda de acordo com a mulher, ela foi abordada pelo sem-teto, que pedia dinheiro. Como ela não tinha, ele pediu para ver a bíblia que a moça havia ganhado do marido.

Logo depois, o ‘mendigo’ pediu um abraço e os dois entraram no carro e trocaram caricias. Após isso, os dois se encontraram em um local combinado e tiveram práticas sexuais.

Entenda o caso

Segundo a polícia, o rapaz saiu para procurar a esposa que teria saído para ajudar uma pessoa em situação de rua com a sogra. Depois de um tempo, as duas se separaram.

O homem então saiu para procurar a mulher. Quando chegou ao Centro de Ensino Fundamental Paroquial, o homem avistou o carro que a esposa estava usando e se aproximou.

Foi então que ele flagrou sua companheira e o ‘mendigo’ fazendo sexo no banco da frente do veículo. Após ver a cena, ele agrediu o rapaz que estava com sua esposa.

NE10