Um protesto foi realizado na manhã deste sábado, dia 19, na entrada do município de Belém, no brejo paraibano.

De acordo com informações do repórter Rodrigo Mesquita, da Cultura FM, populares estariam protestando contra a Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (CAGEPA) que está a meses sem fornecer água para o município.

Na rodovia não passa nenhum veículo, apenas ambulâncias, viaturas policiais e ou veículos com transporte de urgência.

De acordo com os manifestantes, o protesto exige da Companhia de Águas e Esgotos da Paraíba (Cagepa) que o abastecimento de água seja normalizado para os municípios que recebem água da barragem Lagoa do Matias. Os manifestantes alegam também que o Distrito de Roma, pertencente ao município de Bananeiras, estaria recebendo o abastecimento de água vindo de Lagoa do Matias.

‘A gente quer uma resposta dos diretores da Cagepa ou de algum representante do Governo da Paraíba. Todo ano é a mesma história de faltar água e ninguém toma providência. A gente não aguenta mais isso, precisamos de uma solução’, disse um dos manifestantes.

Foram queimados pneus e galhos de árvores para interditar o acesso à cidade.

Um dos lideres do protesto quer a presença do presidente da Cagepa para negociar o fim do protesto.

Mais informações em instantes