Um evento de filiação do Partido Liberal (PL) da Paraíba, reuniu centenas de lideranças políticas na manhã desta sexta-feira, dia 25, em Campina Grande, no agreste paraibano. Os anfitriões do evento foram o deputado Federal Wellington Roberto, presidente da sigla no estado e o seu filho o pré-candidato a senador Bruno Roberto.

O evento contou também com a presença do pré-candidato a governador Nilvan Ferreira, de Pâmela Bório, Jornalista e defensora do presidente Jair Bolsonaro, que pretende disputar novamente uma vaga na câmara federal, da presidente do PL Mulher na Paraíba, Leila Fonseca e diversos outros nomes de destaque no cenário político estadual e Tércio Arnaud, assessor de Bolsonaro na Paraíba.

Dando as Boas-vindas aos novos filiados como o deputado estadual Cabo Gilberto e com destaque para a filiação do deputado estadual Walber Virgolino que deixou o Patriotas para ir de encontro a nova sigla, fortalecendo o projeto de reeleição do presidente Jair Bolsonaro na Paraíba.

O deputado Wellington Roberto abriu as falas do dia destacando o trabalho do presidente Bolsonaro pelo Brasil, seu esforço no combate a corrupção nas instituições públicas do país e seus investimentos na Paraíba, agradecendo-lhe pela chegada das águas do Rio São Francisco ao estado, um marco histórico sendo concluído pelo presidente.

Citando a operação Calvário, Nilvan Ferreira criticou o governador João Azevedo, destacando os descasos com a saúde, educação, infraestrutura e a falta da distribuição de água da Cagepa em toda a Paraíba, como a situação caótica que vive as cidades do brejo, do cariri e de outras regiões.

Um dos principais discursos do dia foi do pré-candidato ao senado pela Paraíba, Bruno Roberto, que falou de forma bastante contundente em defesa do projeto do partido a nível nacional com a reeleição do Presidente Bolsonaro e estadual com a eleição do pré-candidato Nilvan Ferreira.

Bruno também defendeu sua pré-candidatura ao Senado e alfinetou eventuais adversários. “A Paraíba não precisa de foguete que não anda para frente, tão pouco caminhar para um calvário sem fim”, disse se referindo a pré-candidatura de Efraim Filho.

Nordeste 1