Uma cena no Oscar 2022 deixou o público de queixo caído. O ator Will Smith, que concorre à estatueta na categoria Melhor Ator (pelo trabalho em “King Richard: criando campeãs”), subiu ao palco para dar um tapa no comediante Chris Rock, que apresentava a cerimônia.

O tapa, apesar de parecer cenográfico, não estava no roteiro da cerimônia. Na ocasião, Will Smith exclamou palavrões, algo terminantemente proibido em eventos ao vivo na TV americana.

Will Smith reagiu a uma piada de Chris Rock sobre sua mulher, a atriz Jada Pinkett Smith, que trata uma doença autoimune chamada alopecia — e, por isso, está careca. No palco, Chris Rock comparou Jada à personagem G.I. Jane, interpretada pela atriz Demi Moree no filme “Até o limite da honra” (1997). No longa, a personagem tem o cabelo raspado porque faz parte da Marinha.

“Deixe o nome da minha mulher fora da p**** da sua boca”, gritou o ator, após dar o tapa na cara de Chris Rock e voltar para a plateia. Na sequência, Jada e Denzel Washington conversaram com o ator e o acalmaram.

R7