A paraibana Silvana Pilipenko que saiu da Ucrânia durante a guerra chegou neste domingo (10), na Paraíba. Além dela, o marido e a sogra desembarcaram no Aeroporto Castro Pinto.

Familiares e amigos se reuniram no aeroporto para receber a paraibana que ficou 26 dias desaparecida durante a guerra. Entre os familiares estava a mãe de Silvana, visivelmente emocionada em receber a filha.

O voo em que a paraibana estava com o marido e a sogra chegou a São Paulo nesse sábado (9), em um avião que partiu de Dubai, cidade dos Emirados Árabes.

Os três estavam em Mariupol e conseguiram contato com o filho do casal, Gabriel Pilipenko, no dia 29 de março. A vinda para o Brasil acontece após a chegada deles à Crimeia, região da Ucrânia anexada à Rússia em 2014.