Quem tiver informações sobre o destino da adolescente pode entrar em contato com números disponibilizados pela família, além do Disque Denúncia.

 

O desaparecimento da menina Júlia, de 12 anos, chega ao sexto dia nesta terça-feira (12). A polícia segue investigando o caso enquanto familiares desenvolvem campanhas e buscas alternativas no intuito de encontrar a adolescente. Júlia foi vista na última quinta-feira (7), ao sair do apartamento onde mora com a família no Parque do Sol, na Zona Sul de João Pessoa.

Como ajudar?

Quem tiver informações sobre o paradeiro da menina pode denunciar através do 197 (Disque denúncia da Polícia Civil), 190 (Polícia MiIitar) ou nos números 83 9.9604-7877 / 9.8772-4541.

Últimos contatos

O padrasto da adolescente teria sido uma das últimas pessoas a ver a jovem. Em entrevista, ele disse que saiu saiu de casa e jogou a chave do apartamento pela janela. A mãe da adolescente, Josélia, dormia neste momento. Ela relatou que, quando acordou, encontrou a chave mas que Júlia não estava em casa.

A mãe também contou que recentemente havia reprimido Júlia  pelo uso frequente do aparelho celular. No aparelho da jovem, havia uma mensagem no Instagram. Um perfil descaracterizado teria afirmado que ‘gostou no perfil de Júlia e que queria agenciá-la’, conforme a denúncia.

A criança teria deixado o apartamento levando apenas o próprio celular. Ainda no dia do desaparecimento, os familiares rastrearam o sinal nas imediações do Valentina de Figueiredo e, desde então, realizam buscas independentes. A Polícia Civil também foi acionada. De acordo com Paulo Josafá, da Delegacia de Homicídios, as investigações foram iniciadas.

 

  • T5