A Paraíba obteve, pelo segundo ano, o rating AA+ de longo prazo confirmado na análise da Standard & Poor’s Financial Services (S&P Global Ratings), umas das maiores agências de classificação de risco do mundo.

O governador João Azevêdo destacou em suas redes sociais que na prática isso significa que o governo continua fazendo uma gestão eficiente, com responsabilidade fiscal e capacidade de fazer grandes investimentos com recursos próprios.

“Celebramos essa informação que permitirá novas oportunidades de negócios e a atração de empresas para investir em nosso estado, trazendo desenvolvimento e emprego para os paraibanos”, comemorou o governador.

De acordo com o relatório, a perspectiva estável baseia-se na visão de que as políticas fiscais prudentes da gestão da Paraíba preservarão seus sólidos indicadores fiscais nos próximos 12 a 18 meses. Ainda segundo o documento, o rating da Paraíba baseia-se no superávit operacional do estado, que deve permanecer acima de 10% da receita operacional.

“Tal superávit é suportado pelo crescimento da receita, que compensa as crescentes pressões de despesas, sobretudo com a folha de pagamento. A alta margem operacional dos dois últimos anos permitirão ao estado aumentar o capex sem alterações significativas em suas necessidades de financiamento”, complementa o relatório.

De acordo com o secretário de Planejamento, Orçamento e Gestão, Gilmar Martins, esse desempenho da gestão fiscal do estado tem reforçado a sua poupança corrente, possibilitando que haja a captação de novas operações de crédito e que sejam realizadas políticas sociais que atendem as prementes demandas da população, e investimentos estruturantes que fortaleçam o desenvolvimento econômico do estado.

 

  • PB ONLINE