O secretário de Saúde de Campina Grande, Gilney Porto, afirmou, nesta terça-feira (10), que não vai haver exigência do chamado passaporte vacinal no ‘Maior São João do Mundo, em Campina Grande.

De acordo com o gestor, assim como não foi exigido o passaporte da vacina em outros eventos, também não ocorrerá nas festas juninas.

“A gente sabe que vai precisar conviver com o vírus e que mesmo as pessoas que já foram vacinadas podem pegar novamente o vírus. Então, por isso não vamos exigir essa questão do passaporte de vacinação durante o Maior São João do Mundo”, disse o secretário em entrevista à Rádio Cariri FM.

O Maior São João do Mundo começa no dia 10 de junho e segue até o dia 10 de julho.

MaisPB