A Associação Paraibana de Imprensa (API-PB) e a Associação de Mídias Digitais da Paraíba (Amidi-PB) vem à público lamentar a postura da vereadora de João Pessoa Fabíola Rezende que constrangeu o jornalista Écliton Monteiro, responsável pelo blog Política e Etc, na manhã de ontem (12).

Vejam:
A Associação Paraibana de Imprensa (API-PB) e a Associação de Mídias Digitais da Paraíba (Amidi-PB) vem à público lamentar a postura da vereadora de João Pessoa Fabíola Rezende que constrangeu o jornalista Écliton Monteiro, responsável pelo blog Política e Etc, na manhã de quinta-feira (12).

De acordo com relato do jornalista, a vereadora o pressionou a fornecer informações sobre fontes que basearam uma notícia publicada em seu blog por ter contrariado os interesses da legisladora. Com a negativa, ela afirmou que alguém teria dito que o jornalista teria sido pago para publicar tal conteúdo jornalístico.

Enquanto entidades representativas de todas e todos profissionais de imprensa trazemos à luz que Constituição Federal protege o jornalista de preservar suas fontes que preferem o anonimato. Qualquer tentativa que atente a esse direito pode ser interpretado como constrangimento e censura.

Contanto, a API-PB e a Amidi-PB se solidariza com o jornalista Écliton Monteiro e invoca que a vereadora Fabíola Rezende para que observe que estamos em um Estado Democrático de Direito e que os profissionais de imprensa agem com liberdade e nunca poderão ser constrangidos em pleno exercício da profissão

API-PB
Amidi-PB

Da Redação com assessoria