Sequenciando mais uma etapa do fortalecimento do projeto da cajucultura no município, o Governo Municipal de Jacaraú em parceria com a Embrapa Agroindústria Tropical promoveu na manhã desta terça-feira (17) o plantio de clones do cajueiro-anão precoce no sítio Bica, localizado no distrito do Timbó.

Esta etapa faz parte do projeto de sustentabilidade da cultura do caju e da castanha no município. Com os esforços da prefeitura, os agricultores terão a oportunidade de otimizar a comercialização de um dos produtos mais rentáveis de Jacaraú.

Com o apoio e orientações dos profissionais da Embrapa, o cultivo dessa espécie de cajueiro tem uma previsibilidade promissora para os agricultores locais. O municípioconta com quatro unidades de referência tecnológica, onde estão sendo cultivadas 204 mudas de caju adaptadas às condições de cada região.

As propriedades beneficiadas estão recebendo clones das variedades CCP-76, Embrapa 51 e BRS 226, que são melhoramentos desenvolvidos na unidade da Embrapa. A implantação das URT’s marca o início da fase de campo do projeto, que deverá contar com 4 anos de acompanhamento pela empresa de pesquisa.

O evento contou com participação do pesquisador Marlos Alves Bezerra, o analista João Bosco Cavalcante e o técnico Raimundo Nonato Martins, todos da Embrapa Agroindústria Tropical que abordaram vários aspectos ligados à cultura. Também contou com a presença do diretor da Faepa, Carlos Alberto e do superintendente do Senar, Sérgio Martins.

“Consideramos que é a partir do quarto ano que começa a alcançar melhores níveis de produção. Por isso, vamos realizar esse acompanhamento durante o período e ao longo dele, realizar capacitações para orientar os agricultores sobre aspectos diversos da cadeia, como a produção de mudas, controle de pragas, poda, entre outros”, destacou o coordenador da pesquisa, o cientista Marlos Bezerra.

O Sistema Faepa/Senar-PB é parceiro da iniciativa, na qual deverá oferecer treinamentos de formação profissional rural e também assistência técnica e gerencial aos produtores. “Colocamos o Senar à disposição para contribuir com o que for necessário para o desenvolvimento do projeto e dos produtores rurais da região”, resumiu o superintendente do Senar, Sérgio Martins.

O prefeito Elias Costa, o vice Márcio Aurélio, secretários e vereadores estiveram presentes no evento, comemorando mais uma grande conquista para o município. Também estiveram presentes os estudantes do curso técnico em agroecologia da ECIT Alzira Lisboa.

“A cadeia produtiva da cajucultura é responsável por representar grande parte do potencial econômico da cidade, complementando a renda do agricultor. Hoje foi um dia histórico para nosso município, estamos plantando nosso futuro e muito felizes com mais um importante passo para o desenvolvimento de uma Jacaraú cada vez melhor.” enfatizou o prefeito Elias Costa.