O corpo do ex-senador Ivandro Cunha Lima foi sepultado no fim da tarde deste sábado (28), em um cemitério de Campina Grande. A morte, causada por falência múltipla dos órgãos, aconteceu em casa.

Ivandro tinha 92 anos e havia aniversariado há dois dias, na última quinta-feira (26). O velório do ex-senador começou no início da tarde e o sepultamento ocorreu às 17h, no Campo Santo Parque da Paz, também em Campina Grande.

Um dos filhos do ex-senador, Ivandro Cunha Lima Filho, morreu em abril durante o tratamento de sequelas da Covid-19.

O ex-político era avô do atual prefeito da cidade, Bruno Cunha Lima. Nas redes sociais, ele deixou uma mensagem de despedida.

“Meu avô. Meu pai. Meu amigo. Meu professor. Meu mentor. Meu guia. Meu exemplo”, escreveu Bruno.

O governador da Paraíba, João Azevêdo (PSB), lamentou pela morte de Ivandro e decretou luto oficial de três dias. Já o prefeito de João Pessoa, Cícero Lucena (PP), afirmou nas redes sociais que recebeu “com tristeza a notícia da morte do amigo e paraibano ilustre”.

Ex-senador da Paraíba  Ivandro Cunha Lima — Foto: Divulgação

Ex-senador da Paraíba Ivandro Cunha Lima — Foto: Divulgação

Vida política

 

Ivandro Cunha Lima foi advogado e tabelião. A carreira política dele começou ainda nos movimentos estudantis. No ano de 1974, ele foi eleito suplente de senador e assumiu o mandato em 1977.

Já em 1982, quando terminou o mandato de senador, Ivandro iniciou sua campanha para a Câmara Federal, desistindo durante a campanha.

Em 1994, Ivandro se reelegeu e ocupou novamente uma vaga no Senado.

  • G1