Um aluno de doutorado em Ciência e Engenharia de Materiais da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) realizou uma conquista acadêmica internacional. Adriano Lima teve um artigo aceito no periódico Arabian Journal of Chemistry, jornal indexado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) como Qualis A2, grau de excelência para publicações acadêmicas internacionais.

O doutorando realizou sua pesquisa sob a orientação da professora Dra. Ana Figueiredo, da Unidade Acadêmica de Engenharia de Materiais (UAEMA), sobre a síntese de catalisadores por reação de combustão para aplicação na produção de biodiesel. O artigo é fruto de pesquisas do seu doutorado na UFCG que está previsto para ser concluído em agosto deste ano.

Desde a graduação no curso de Engenharia de Materiais, Adriano aplica-se ao estudo de materiais alternativos e sustentáveis, como resíduos de tijolos e aplicações em membranas tubulares para filtração e, também, resíduos de óleos para a produção de biocombustíveis. Conta ainda com diversas publicações em seu currículo Lattes voltadas para o âmbito da Ciência e Engenharia de Materiais. Atualmente, seus esforços têm se concentrado nos estudos sobre a presença de catalisadores para a produção de biodiesel.

A síntese de catalisadores por reação de combustão é um método consolidado de produção de pó a base de cerâmica com diversas aplicações, que vão desde materiais absorvedores de radiação eletromagnética até a produção de catalisadores para produção de biodiesel.

O Laboratório de Síntese de Materiais Cerâmicos (LabSMAC) da UFCG possui uma planta piloto com a capacidade de produzir cerca de 60kg deste pó cerâmico por mês, e consequentemente, utilizá-lo em pesquisas voltadas à produção de biocombustível como uma forte alternativa ao combustível a base de petróleo – como aconteceu com a pesquisa de Adriano, que tem como título Optimization of biodiesel production via transesterification of soybean oil using α-MoO3 catalyst obtained by the combustion method.

De acordo com o autor, a publicação do artigo reitera o caráter inovador da pesquisa que identifica a aceleração da reação para produção de biodiesel mediante o uso deste catalisador que, por sua vez, torna o processo de biocombustíveis cada vez mais uma excelente alternativa verde, limpa e sustentável para os próximos anos.

(Ascom CCT/UFCG)