O WhatsApp testa um recurso de edição de mensagens já enviadas no aplicativo, conforme notado nesta quinta-feira, 2, pelo WaBetaInfo, site especializado em versões de teste do mensageiro da Meta.

Na funcionalidade, usuários poderão editar e corrigir textos enviados pelo aplicativo de mensagens, similar a o que ocorre em publicações do Facebook e legendas do Instagram. Ao contrário destes, no entanto, a versão do mensageiro não deve conter um histórico de edições — ou seja, não será possível que o leitor veja o que foi alterado na mensagem.

O WaBetaInfo explica, no entanto, que, por se tratar de uma versão de testes, o recurso pode ganhar novas funcionalidades, como um histórico de edição. Ainda, pode ser que a funcionalidade nunca veja a luz do dia e não seja lançada para o público.

A novidade está em testes para celulares Android e iOS e na versão desktop do WhatsApp.

Além da edição de mensagens, o WhatsApp estuda lançar outras funcionalidades, como desfazer mensagens apagadas (caso o usuário tenha desistido de deletar o conteúdo) e um filtro de mensagens não lidas para a versão desktop, em que é possível filtrar pelas conversas ainda não vistas. Nenhuma dessas funcionalidades têm previsão de lançamento.

 

Terra