A família Zenóbio Toscano realiza, nesta terça-feira (14), em Guarabira, as homenagens póstumas ao ex-prefeito e ex-deputado. As atividades terão início às 16h no Santuártio do Memorial Frei Damião, onde será celebrada uma missa. As cinzas do ex-prefeito serão levadas para o município e ficarão no memorial no Museu do Santuário.

Zenóbio morreu em 2020 após não resistir a um acidente vascular cerebral (AVC) hemorrágico, agravado pela covid-19. Em decorrência da pandemia, não houve um ato de despedida, o corpo foi cremado e as cinzas guardadas para serem levadas para Guarabira.

“Faremos nossa homenagem a esse homem que, em vida, amou e lutou pala cidade de Guarabira e por toda Paraíba. Meu pai deixou um legado importante na política do nosso Estado e também no fortalecimento da nossa cultura. Então, passado a fase mais crítica da pandemia faremos essa homenagem a ele e gostaríamos de convidar todos para que, juntos, possamos realizar a despedida que ele tanto merece”, disse a deputada Camila Toscano.

Perfil – Zenóbio Toscano nasceu em 4 de setembro de 1945, no município de Ingá, na Paraíba. Era formado em engenharia e casado com a ex-deputada estadual Léa Toscano, com quem teve quatro filhos.

Na política, Zenóbio começou a vida pública sendo prefeito da cidade de Guarabira. Em 15 de novembro de 1982 foi eleito com 50,44% dos votos válidos, na disputa ao lado de Jáder Pimentel – PDS (49,09%) e Ademir Leal – PT (0,47%). Em 1990 concorre pela primeira vez a deputado estadual na Paraíba pelo PMDB, conseguindo 14.936 votos, sendo o oitavo mais votado do pleito. Em 3 de outubro de 1994 é eleito mais uma vez deputado estadual com a votação de 34.837 sendo o deputado mais votado do estado.

Em 4 de outubro de 1998 Zenóbio conquista mais uma vez uma vaga na Assembleia Legislativa do Estado. Em 2001, deixa o PMDB e filia-se ao PSDB. Em outubro de 2002 é eleito para o quarto mandato como deputado estadual na Paraíba. Em 2006 é novamente o mais votado do estado, para deputado, com 38.265 votos. Foi a última vez que Zenóbio disputou o cargo de deputado estadual.

Em de outubro de 2012 foi eleito prefeito de Guarabira para o mandato de 2013 – 2016, eleito com 16 mil votos. Em 2016 foi reeleito para o mandato de 2017-2020 com 15.609 votos.

 

wscom