Os microempreendedores da Paraíba terão à disposição R$ 523 milhões para incentivar seus negócios no segundo semestre deste ano. Os recursos estão disponíveis no Banco do Nordeste, por meio do programa Crediamigo, que oferece empréstimos de até R$ 21 mil, mesmo para negócios informais. A previsão é de que as operações de microcrédito do BNB alcancem R$ 7,7 bilhões em toda a área de atuação do banco.

Segundo o superintendente de Microfinança Urbana e Microempresas do BNB, Fabrizzio Leite Feitosa, o segundo semestre do ano é, historicamente, o período em que há mais demanda por microcrédito. “Os pequenos negócios ficam mais aquecidos a partir do meio do ano porque se preparam para dois períodos de férias e também para as festas de final de ano”, afirma.

Segundo o superintendente de Microfinança Urbana e Microempresas do BNB, Fabrizzio Leite Feitosa, o segundo semestre do ano é, historicamente, o período em que há mais demanda por microcrédito. “Os pequenos negócios ficam mais aquecidos a partir do meio do ano porque se preparam para dois períodos de férias e também para as festas de final de ano”, afirma.

O BNB deve fechar o mês de junho com operações totais de R$ 5 bilhões pelo Crediamigo. Desse total, os empreendedores da Paraíba contrataram R$ 317 milhões. Os segmentos que mais receberam recursos do programa foram comércio de vestuário e acessórios, seguido por comércio de perfumaria e serviços de beleza (manicure, cabeleireiro e salão de beleza).