Servidores da Funai (Fundação Nacional do Índio),em greve, fazem vigília e pedem a saída do presidente Marcelo Xavie, presidente da fundação. A PF (Polícia Federal) disse a jornalistas nesta 4ª feira (15.jun.2022) acreditar que, pela confissão do suspeito Amarildo da Costa Oliveira e pelo local apontado por ele, há “grandes chances” de que os restos humanos encontrados no Vale do Javari sejam do jornalista Dom Phillips e do indigenista Bruno Pereira. Sérgio Lima/Poder360 15.jun.2022

Congressistas vão conversar com indígenas e órgãos responsáveis pelas investigações do assassinato de Bruno e Dom

Um grupo de deputados e senadores visita Atalaia do Norte, na Amazônia, na 5ª feira (30.jun.2022) para acompanhar o caso dos assassinatos do indigenista Bruno Pereira e do jornalista britânico Dom Phillips.

Os congressistas fazem parte das comissões externas da Câmara e do Senado que foram criadas para fiscalizar as investigações sobre os assassinatos, o aumento da criminalidade na região e os atentados contra os povos indígenas na região. O grupo deve permanecer na região até o dia 1º de julho.

A comissão externa pretende, nessa diligência, conversar e ouvir as representações indígenas, órgãos públicos, federais e estaduais”, disse o deputado e coordenador do colegiado, José Ricardo (PT).

De acordo com o congressista, já estão agendados encontros com lideranças indígenas da Univaja (União dos Povos Indígenas do Vala do Javari), Coiab (Coordenação das Organizações Indígenas da Amazônia Brasileira), Opi (Observatório dos Direitos Humanos dos Povos Indígenas Isolados e de Recente Contato), entre outras organizações.

O grupo também deverá passar por Tabatinga para ouvir os órgãos responsáveis por investigar o desaparecimento e o assassinato de Bruno e Dom.

Na Câmara, a comissão aprovou a realização de audiências públicas para ouvir indígenas, indigenistas e pesquisadores sobre as condições que vivem e trabalham no Vale do Javari. O colegiado também pretende conversar com dirigentes de instituições governamentais, como o Ministério da Justiça, a Funai (Fundação Nacional do Índio) e o Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente).

Deputados que farão a visita à Atalaia do Norte: 

José Ricardo (PT-AM)

Joenia Wapichana (Rede – RR)

Vivi Reis (Psol- PA)

João Daniel (PT-SE)

Rodrigo Agostinho (PSB-SP)

Erika Kokay (PT-DF)

Reginaldo Lopes (PT-MG)

Senadores: 

Randolfe Rodrigues (Rede- AP)

Nelsinho Trad (PSD-MS)

Fabiano Contarato (PT-ES)

Leila Barros (PDT-DF)

Eduardo Velloso (União Brasil – AC)

 

PODER 360