A Polícia Civil da Paraíba divulgou imagens do homem suspeito de matar o estudante João Vitor Fontes da Silva, de 18 anos, dentro de uma escola em João Pessoa. O crime completa um mês nesta sexta-feira (1ª). Nenhum suspeito foi preso.

As imagens do homem suspeito de matar o estudante foram obtidas a partir de vídeos gravados pelo circuito de câmeras. O suspeito aparece pulando o muro da escola, usando máscara e boné.

A polícia pede que quem tiver informações sobre a pessoa que aparece nas imagens, denuncie através do Disque 197. Em um mês de investigações, várias testemunhas foram ouvidas, mas nenhum suspeito foi preso.

João Vitor tinha 18 anos e havia sido contratado pelo Santa Fé de Pernambuco há pouco menos de um mês — Foto: Reprodução/Instagram
João Vitor tinha 18 anos e havia sido contratado pelo Santa Fé de Pernambuco há pouco menos de um mês — Foto: Reprodução/Instagram

João Vitor tinha 18 anos e havia sido contratado pelo Santa Fé de Pernambuco há pouco menos de um mês — Foto: Reprodução/Instagram

O crime aconteceu dentro da Escola Cidadã Integral Cineasta Linduarte Noronha, localizada no bairro de Gramame, em João Pessoa. Conforme a Polícia Militar, o suspeito estava mascarado quando entrou na escola.

“Segundo os próprios estudantes, ele pulou o muro, entrou na primeira classe procurando por esse aluno, João Vitor, mas não o localizou. Então João Vitor avistou o suspeito no pátio e correu para outra classe. O suspeito foi lá e executou ele dentro da sala de aula”, contou o tenente Marcone, da Polícia Militar.

Ainda de acordo com a PM, o pai da vítima contou que o jovem não tinha envolvimento com crimes na região, e que havia sido contratado recentemente pelo Santa Fé Futebol Clube, do Recife, em Pernambuco.

 

G1