O ex-presidente Lula (PT), o ex-governador Geraldo Alckmin (PSB) e o ex-ministro Fernando Haddad (PT) almoçaram neste domingo (3) em São Paulo na casa do ex-governador Márcio França (PSB), segundo Ricardo Noblat, do Metrópoles.

França, que é pré-candidato ao governo de São Paulo, deve deixar a disputa, abrindo caminho para Haddad, e se lançar ao Senado. O quarteto também desenhou um plano para atrair o ex-ministro Gilberto Kassab (PSD) para a aliança.

Ao contrário do que disse o presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, de que as questões estaduais entre PT e PSB seriam resolvidas “em bloco”, o impasse na Paraíba, sobre se Lula estará no palanque de João Azevêdo (PSB) ou Veneziano Vital do Rêgo (MDB) segue sem definição.