Por meio de nota, a Associação Paraibana de Imprensa (API-PB) lamentou profundamente o falecimento do jornalista e empresário João Manoel de Carvalho, aos 87 anos, nesta sexta-feira (8), em João Pessoa. Ele estava internado em um hospital privado da Capital para tratamento de complicações da Covid-19. O velório ocorrerá amanhã, das 8h às 18h, no Crematório Caminho da Paz, em Cabedelo, local em que será cremado.

Confira trechos da nota:

“João Manoel foi e será referência na comunicação paraibana. Teve passagem nos jornais O Norte e Correio da Paraíba. Foi fundador do jornal Contraponto, de tiragem semanal por 11 anos.

Consciente do árduo papel de jornalista, exerceu com excelência a presidência do Sindicato dos Jornalistas da Paraíba.

A API se solidariza com familiares e amigos e lamenta profundamente a passagem de João Manoel de Carvalho, que fará muita falta ao jornalismo paraibano”.