O número de registros de novas armas de fogo concedidos pela Polícia Federal explodiu em todo o país e na Paraíba a realidade não é muito diferente. De 2017 a 2021, os registros de armas de fogo contabilizados pela Polícia Federal na Paraíba tiveram aumento de 184%. No ano passado, eles somavam 19.345 no estado, que representa 490 armas por 100 mil habitantes.

A chamada posse de arma é um documento emitido pelas autoridades e permite que, caso cumpram alguns requisitos legais, as pessoas possam ter em suas casas pistolas e revólveres. Os dados são do Anuário Brasileiro de Segurança Pública, que organiza informações sobre o setor da segurança de todos os estados brasileiros. Para contabilizar o número de armas e de registros de porte e posse, o Anuário utiliza dados do Exército Brasileiro e da Polícia Federal. Segundo o levantamento, com base em informações do Sinarm, sistema da Polícia Federal, no ano de 2017, o número total de registros de posse de armas de fogo na Paraíba era de 6.815. Em 2019 (o sistema não possui dados do ano de 2018), esse número já havia subido para 14.511, ou seja, mais que o dobro. Em 2020, eram 16.552; e, em 2021, 19.345. Nesses cinco anos, a variação foi de 183,9%.

Dos anos de 2003 a 2018, a Paraíba registrou 10.529 novos certificados de registros de armas de fogo, com uma média de 658,06 por ano. De 2019 a 2022, considerando os dados consolidados até 14 de março, foram feitos 6.312 registros, com uma média de 1.578 por ano. Nesse período, os novos registros representam o total equivalente a 59,95% do número de certificados emitidos em 15 anos anteriores, entre 2003 a 2018. A Paraíba tem um total de 16.841 armas registradas no sistema Sigma do Exército Brasileiro de 2003 a 2021. O aumento não ocorreu somente na Paraíba, do total de 1.401.209 armas registradas no Brasil, 591.058 foram certificadas de 2019 a 14 de março de 2022. Confira mais detalhes: https://forumseguranca.org.br/anuario-brasileiro-seguranca-publica/