A Polícia Civil da Paraíba, após um trabalho investigativo do núcleo de investigação da 21ª Delegacia Seccional em Solânea, e com apoio para prisão da Delegacia de Combate ao Crime Organizado, DRACO, cumpriu o mandado de prisão em desfavor ODAIR MANUEL DA SILVA, 32 anos, na tarde desta segunda-feira (11/07/22), na cidade de João Pessoa/PB, onde o mesmo estava se escondendo.

“AlDAIR”, como é conhecido, já responde pelos crimes de tráfico de droga e roubo a banco, ganhou a liberdade desde outubro de 2021, passando a chefiar junto a uma facção criminosa, um esquema de abastecimento de drogas no Brejo paraibano, com maior ênfase na sua cidade de origem, Solânea/PB.

Na noite do dia 25/06/22, mesmo com ordem judicial para não se ausentar da cidade de Campina Grande/PB, onde cumpria pena, o apenado se dirigiu ao Brejo para participar das festas juninas e, após receber notícias que estava sendo “difamado” por uma moradora da Rua Bela Vista em Solânea, local onde tentava exercer um domínio sobre os moradores, por volta de 01:00 h da madrugada, o investigado se se dirigiu casa da vítima e logo a surpreendeu com um disparo de arma de fogo que atingiu a cabeça, vindo a falecer no local.

A morte da moradora causou indignação na população, fato que segundo a investigação, fez o acusado propagar aos outros líderes da facção que o autor do crime seria um rival do tráfico e não ele, logo sendo descoberta a farsa do traficando que teme por represálias dos próprios parceiros que não aceitaram a morte da humilde moradora, local que deixou filhas desamparadas.

Com ODAIR foi apreendido um revólver cal 38 especial, veículo vw polo cor preta, documentos falsos, munições e dinheiro. Agora ficará no presídio de segurança máxima em João Pessoa, transcorrendo a investigação pela Polícia Civil, 21 DSPC em Solânea.