A Polícia Civil está investigando o caso da menina de dois anos que deu entrada nessa segunda-feira (25) no Hospital do Valentina, em João Pessoa, com suspeita de abusos. Apesar da família afastar essa hipótese, a delegada Joana Darc informou que já solicitou exames toxicológicos e sexológicos para saber a situação da criança.

“Só com os exames vamos saber como prosseguir com as investigações”, disse a agente. Segundo a delegada, três pessoas próximas à vítima prestaram depoimento. O Conselho Tutelar também informou que está acompanhando o caso.

“Independente se houve abuso, vamos investigar a situação da criança no lar, saber se houve a violação de direito, se a criança tomou remédio indevido”, disse Joana.

A mãe da menina informou em entrevista à imprensa que a criança teve uma convulsão e foi socorrida. “Quando chegamos lá, falaram que houve abuso sexual, sem fazer exame. Quero exame para saber se ela está sendo abusada”, afirmou. A mãe também negou que a menina estivesse dopada.

MaisPB