De acordo com vizinhos, na terça-feira (26), Segato chegou a passar mal e pedir socorro para a proprietária do imóvel que ele alugava.

O influenciador foi levado às pressas para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Norte, mas não resistiu. Ele morreu no dia do aniversário de 55 anos.

Procurada, a Secretaria Municipal de Saúde de Ribeirão Preto apenas confirmou o atendimento, mas não informou o que causou a morte de Segato. O Instituto Médico Legal (IML) também não confirmou os motivos do óbito.

Valdir Segato, o Hulk brasileiro de Ribeirão Preto, morreu na terça-feira (26) — Foto: Arquivo pessoal

Famoso nas redes sociais por exibir vídeos dos músculos gigantes, Segato era uma pessoa isolada, sem muitos amigos ou familiares.

Em 2016, durante uma entrevista ao jornal britânico Daily Mail, ele afirmou injetar Synthol no corpo. A substância, que dá a falsa sensação de crescimento dos músculos, não possui uso médico e, quando injetada no corpo, pode causar diversos problemas de saúde, inclusive levar à morte.

Proprietário do imóvel que Segato alugava, no bairro Jardim Salgado Filho I, zona Norte, Moisés da Conceição da Silva, de 31 anos, conta que, na terça-feira de manhã, o influenciador chegou a pedir ajuda para a mãe dele, reclamando de falta de ar.

“Eram umas 6h da manhã, mais ou menos. Ele veio se arrastando pela casa dos fundos e veio para frente. Aí bateu na janela da minha mãe, bateu, bateu, aí ela acordou e ele ‘me socorre, me socorre que eu estou morrendo'”, conta Moisés.

A mulher chamou o vizinho, que levou Segato até a UPA.

“Colocaram ele dentro do carro e aí o vizinho foi para a UPA. Chegou na UPA, ele caiu na recepção mesmo, infartando. Acho que infartou”, diz Moisés.

A Secretaria Municipal da Saúde confirmou que o influenciador passou por atendimento na UPA Norte.

Velório e sepultamento aconteceram na tarde de quarta-feira (27), no cemitério Bom Pastor, em Ribeirão Preto.

G1